quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Tentando ser





Tem dia que a casa está vazia e o corpo pequeno para tanto espaço. Tem dia que acordo querendo tirar a poeira dos móveis e varrer o que sobrou, varrer o resto que insiste em ficar. Sentindo na boca o gosto de quero mais misturado a saliva grossa de quem sente sede. Sede de quê? Tentando alcançar o objeto mais alto, esticando os braços, na ponta dos pés. Tentando ser. 

2 comentários:

End Fernandes disse...

Que legal! Qdo vc disse ficar na pontas dos pés penser que era para beijar o seu amor kkk
=]

Julia disse...

Tristes, mas bonitas palavras.
Também pensei que era seu amor... rs

Conheça meu blog (:

http://cronicasepoeira.blogspot.com

Aviso

As imagens usadas neste blog são retiradas do nosso amigo Google. Caso seja uma imagem sua, peço que me comunique, assim, colocarei os direitos. Obrigada. Peço sua compreensão.