quinta-feira, 24 de março de 2011

Pés no chão


Eu tinha perdido a fé nas pessoas. Não acreditava mais no que falavam, nas palavras que pareciam frouxas, no olhar que parecia me condenar e de um certo afastamento que fazia sentir-me chata, injusta e não compreendida. Sentia que ficar perto de alguns, transmitia-me uma tristeza, um coração apertado e aquele silêncio constrangedor, desses que não existe entre os verdadeiros amigos. E era isso que parecia faltar, amigos verdadeiros. Gente que te olha com ternura, amor, que transmite paz, confiança e que abraça com força acolhedora. Eu não estava recebendo esse tipo de afeto, e confesso, não trasmitia isso a ninguém.

Mas é assim, quando tudo parece perdido sempre aparece um alguém, uma espécie de anjo da guarda. E então eu recebi um presente, um presente tão bonito acompanhado de um recado. As palavras eram simples, mas fez com que me sentisse querida e acolhida. Senti que minhas palavras não foram em vão, havia sim sinceridade naquele gesto e que por mais tímida que pareça, existia entre nós uma amizade verdadeira. 

A gente demora pra enxergar os sentimentos verdadeiros. Se engana com a amiga que parecia mãe e na verdade é uma madrasta, se decepciona com as pessoas, quebra a cara, um dia acredita em príncipes e princesas e no outro só pensa em cair nos braços da realidade. Porque a realidade, por mais que seja dura, às vezes é acolhedera, às vezes não há nada mais gostoso do que simplesmente colocar os pés no chão da realidade.

20 comentários:

Friends:Renata e Juliana disse...

Renata disse:
Muito verdade isso!!
Mas o melhor de tudo é cair na real para aceitar as verdades tais como são.
Sonhar é muito bom,mas quando vc quebra a cara doi ainda mais do que se estivesse acordada.
Amo muito,muito tuas verdades que coincidem com as minhas!!

*Bjs :)

Guilherme Augusto Codignolle Souza disse...

Não diria que são anjos da guarda... São mais vitimas dessas situação do que outros... Me considero uma pessoa assim, e apesar de me sentir bem arrastando alguém para cima, nunca deixei de notar que aquela pessoa sem querer tenta me puxar para baixo. Meu medo sempre foi o de um dia precisar de alguém que faça o que já fiz por vários. E mesmo parecendo estar cercado de amigos, sei que em momentos de dificuldades minha realidade pode mudar drasticamente... Pq dar esse choque de realidade? Apenas para dizer que quem quer que seja esse "anjo da guarda" que foi guiado até vc, procure ser para ele alguém tão importante quanto ele foi para você quando vc mais precisava. Mesmo que ele não precise disso agora, guarde para si que se vc estiver disponivel, cultivando essa amizade, um dia vc lhe podera ser util. Quem sabe com isso vacina-lo de um medo tão bobo quanto o que motivou todo o meu comentário... Sempre bom prevenir do que remediar não? ^^

Meu twitter? Siga:

http://twitter.com/guicodignolle

Meu Blog? Acesse:

http://codignolle.blogspot.com

Long Haired Lady disse...

sonhar sempre, mas com os pés no chão!

Borboleta no Casulo disse...

Tenho tido uma nova amiga, ela tem se demostrado uma grande amiga e sabe o q eu mais gosto dela?! é q qd eu começo a voar ela me faz pisar no chão!!
Bjs

Roberta M. disse...

Lara bonitinha, é isso aí, viver é vivenciar a realidade sem tanto medo, sem deixá-la pesar mais que o necessário.....beijocassss

Luna Sanchez disse...

Que bom que a realidade pareça acolhedora, já que é terrivelmente necessária, né, Nara?

Um beijo.

***MissUniversoPróprio*** disse...

Sim, eu prefiro aconchegar-me nos duros, porém sinceros, braços da realidade, que deitar-me sobre as fofas almofadas de arame farpado, da ilusão.

E que bom que você ganhou de presente uma amizade real e sincera. Merece. Absolutamente.

Texto lindo. Tu sabes, adoro como escreves.

=**

Nana disse...

Oie, td b? Adorei seu cantinho...achei ele em outros blogs amigos. Bjs e fik c Deus.

Alice disse...

Somos esse turbilhão de sentimentos afinal.
isso é bom pois monotonia cansa...rs
mais os pés tem que sempre se manter no chão.

Ellen Lacerda (Elinha) disse...

Seu texto me fez chorar...
tocou fundo...
xero.

Erica Vittorazzi disse...

Nara, existem pessoas maravilhosas por aí, eu sei que existem e um dia elas chegam a seu encontro.


beijos

Érica Verônica disse...

Apoiada..
Tem muito lobo em pele de cordeiro circulando livremente por aí.

Bju flor, dois.

o/

Fernand's disse...

gosto muito de estar com os pés na realidade, mesmo que eu vá dar uns rasantes por aí...


bjsmeus

LUZIA disse...

Lindo texto.
É tão difícil acordar pra realidade, e reconhecer as verdadeiras pessoas que estão ao nosso lado que realmente nos querem bem.

Beijoo

Cristina Lira disse...

Olá! Tudo bem? Estava navegando pela blogosfera e te encontrei, amei este cantinho...tudo aqui é muito lindo.
Vou ficar por aqui.
Parabens pelo Blog.
Bjos no coração e otima semana pra ti.

Menina Misteriosa disse...

Tô lutando para não perdê-la. A fé.
Será fase?

Beijo, Narinha!

MeninaMisteriosa

Thaís Dantas disse...

Pois é... E tem sido tão difícil tentar manter os pés no chão...

Maíra K. disse...

Com tudo que eu vivi até hoje, não confio cegamente em ninguém. Deposito um pouco de confiança em alguém com um olho aberto e outro fechado, com um pé na frente e outro atrás. Construo muretas. Coloco obstáculos. Tudo isso são as consequencias de não viver sonhando, infelizmente.

~ ∂ąnnι ჱܓ disse...

O que importa é a lição que tiramos em cada uma destas experiências... Nada como um sacode da realidade pra nos deixar mais esperta!

Bjs!


=)

Marcela disse...

Primeiro paragrafo relata demais minha vida!
É preciso dar a cara a tapa tambem pra gente conseguir ver o que vale a pena de verdade =)..

Aviso

As imagens usadas neste blog são retiradas do nosso amigo Google. Caso seja uma imagem sua, peço que me comunique, assim, colocarei os direitos. Obrigada. Peço sua compreensão.