sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Mulher de fases


Tem dia que eu acordo com o espírito da Formiguinha Trabalhadeira dentro de mim. Uma vontade de ajeitar tudo, tirar os móveis do lugar, sumir com a poeira, lavar tudo até deixar aquele brilho, aquele cheiro de limpo, e até mesmo acender um incenso, pois eu acredito sim nos poderes que aquela fumacinha pode trazer. Eu sei, todo mundo acha que fede, mas eu gosto do ar místico que aquilo me dá. Fico andando pela casa, deixando meus rastros em forma de fumaça, tentando fazer pequenos corações e círculos, como aqueles que a gente vê nos desenhos e até em algumas propagandas de cigarro. Vai ver eu acredito mesmo que a fragrância de canela vai me trazer dinheiro, o de arruda proteção, camomila aquela calma, lavanda um soninho tranquilo e mirra devolver minha tão perdida intuição.

Tem dia que eu acordo com o espírito do vaipraputaquepariu dentro de mim. Ah, pra que levantar? Pra que agir? Por que eu tenho que abrir meus olhos? Preguiça até de colocar o pé pra fora da cama. Até a luz do Sol incomoda. Fico aborrecida de ter que sair da minha casinha, meu habitat natural e ter que enfrentar um mar de gente que insiste em ter algum tipo de contato, seja do tipo Oi ou um Dá Licença Que Eu Quero Passar. É, às vezes eu acordo anti-social.

Tem dia que eu acordo mais feliz que cachorro quando sente o cheiro do dono a metros de distância. Minha alma fica pulando, pulando, pulando,pulando, ando. Mal cabe dentro de mim e acho que é por isso que eu fico tão inquieta, tão falante, tão cheia das vontades, tão tão e toda toda. É porque a vida é bela, porque o Titanic afundou mas a Rose sobreviveu, porque um casal pode brigar durante o filme inteiro, mas no final eles fazem as pazes e vivem felizes para sempre, é porque uma florzinha brotou lá no quintal de casa, porque a nuvem não cobriu o Sol, porque choveu, eu me molhei, caí numa poça e ainda assim consegui rir de mim mesma, afinal, alguém também vai rir de mim, então é melhor chorar de rir do que morrer de vergonha. Esses definitivamente são os melhores dias.

Tem dia que eu apenas acordo calada. Com poucas palavras, escassez de frases, falta de vitamina A, B, C, D, E, F, G, H. Carência de gente querida, ausência de sentimentos bonitos. Quem nunca acordou assim? Tão quieta, tão folgada dentro de mim, como se a roupa fosse maior, o sapato largo, as meias grossas. Nesses dias até parece que o céu conspira com nosso humor e lá mesmo surge um dia nublado. Não é um momento de agir, é um momento de proteção. Viva o guarda chuva, viva o vidro fechado, viva as cores frias.

Tem dia que eu percebo que eu sou de Lua. É assim que dizem. Vou mudando as fases, mudando a aparência, mudando a feição. Mas alguma coisa sempre fica, acho que é aquele brilho nos olhos ou a certeza de que não sou apenas uma, que posso sempre mudar, posso ser várias e que se amanhã eu aparentar ser um alguém horrível, depois de amanhã eu posso mudar de ideia e ser a melhor pessoa do mundo.

7 comentários:

Érica Verônica disse...

Está falando com uma típica "mulher de fases".


Parece que a gente precisa, um pouquinho, se perder em certas açoes, para poder se encontrar.

E nessas variações dá pra perceber que a gente pode ser o que quiser. Basta estar disposta a ser.

Luna Sanchez disse...

Ahahahahaha

Nara, qual é o plano, hein, dona moça? Se é viciar as pessoas no teu blog, parabéns, conseguiu! Comigo deu suuuuuuuper certo! ^^

Que texto delicinha, amei os detalhes, amei tudo, a carência de vitamina, de todas elas, a sobrevivência da Rose, a alma pulando...tudo!

* Eu também gosto de incenso, me sinto meio Maya quando acendo...dá até vontade de me enrolar naqueles panos de 7 metros, e tal.

Daí que eu gosto de fazer círculos no ar, com a fumacinha, e também de escrever meu nome. ¬¬

Não ria.

...

Não ria, guria, que coisa!

Dois beijos de sexta!

(Acordei com o espírito da Formiga Atômica...só pode)

ℓυηα

Carol Carvalho disse...

hahaha (to rindo da Luna!!) hahaha
Ei, vc é meu clone??
Eu sou muito, mais muito parecida com vc!!!
Também sou de fase, tem dia que acordo rindo, tem dia que acordo chorando, tem que q acordo mandando meu marido a merda.. haha e assim se vão os dias..
Agora a parte do incenso... Sou I-GUAL-ZI-NHA!!!
Também ando pela casa fazendo desenhos no ar e infestando com o cheiro (quase levo umas porradas com isso, mas não ligo) eu gosto e ponto!
Também to viciada aqui!!! rs
bjO linda e vou comprar uma caixa de barras de chocolate pra inpiração!!!

Nathy disse...

Ehh.. eu sou de fases sim. Assumo e ponto final!
Que mal há nisso?
Adorei o texto pekena. Poucas vezes tive oportunidade de conhecer pessoas que tivessem tantas coisas em comum comigo.

Não poderia deixar de falar da nossa sincronia em criar textos hein..kkk
Mas postarei o meu mais pra frente! hehe

Beeijos
=)

Marcela disse...

eu ja vi a aline vestida numa roupinha dessa de mulher gato
falei!
hauahauahau

Déia disse...

É, post, tipicamente feminino.. somos assim, como a lua... com fases, as vezes cheias de energia, as vezes minguante.. rsrsrs

Pobre dos homens, né? que não tem a mínima idéia do que fazer com tudo isso kkkk

bj

Menina Misteriosa disse...

Nara,
Vim conhecer seu blog e gostei muito... você está de parabéns!

Sobre o texto, também me sinto assim. Em constante transformação. E gosto disso. Já tive medo de mudar, hoje aprendo com as mudanças...

Boa semana, linda!
Beijos

Aviso

As imagens usadas neste blog são retiradas do nosso amigo Google. Caso seja uma imagem sua, peço que me comunique, assim, colocarei os direitos. Obrigada. Peço sua compreensão.