quinta-feira, 14 de maio de 2009

Curta mudança climática

Estava chovendo e eu realmente deveria sair. Pego a sombrinha, bolsa e vam’bora. Abro o portão, olho para os meus pés, estou de sandália. Garota burra! Se eu subir para trocar e colocar um tênis eu perco o ônibus! Atrasada demais para isso...
Eu me lembro da última vez que choveu e eu inocente saí de casa calçada uma sandália, aquelas rasteirinhas. Querendo me livrar de uma pequena “cachoeira” na beiradinha da rua, dei um pulinho. Acabei chegando em casa apenas com uma das sandálias. Vaidade maldita. Se chove, você usa um sapato fechado! Mostrar os pés dessa forma é até pecado, você não vai pro céu.
Prefeitura estúpida! Deveriam cuidar melhor desses bueiros, daqui a pouco isso aqui vira um rio. Os meninos da Dona Aparecida vão adorar, piscininha de graça! E eles ainda poderiam brincar de achar sandálias perdidas... Tipo a minha, assim, prateadinha. Tão bonitinha.
Mas vai parar de chover, irei descer do ônibus e meus pés e sandálias estarão a salvo. O problema maior será a sombrinha, toda molhada. Se eu guardar isso na bolsa não vai ser legal. Não mesmo. Ok, vou andar toda gatenha na rua com isso na mão.
Bom, se estivesse chovendo seria pior, pois com o meu tamanho quando eu abro a sombrinha, sou capaz de cegar alguém. Chato isso. Sem comentar que as pessoas no centro de BH são tão calmas quanto um elefante com uma formiga no pé, ou educadas, como um leão disputando carne fresca. Eu acabo me protegendo com a sombrinha.
Pena que parou de chover. Tá fazendo um calor! Tô de calça jeans.
Garota burra! Mas sair de bermuda não dá, morro de vergonha...

3 comentários:

Dango Costa disse...

Aquib esfriou de vez. Ontem saiu fumaçinha da boca.. mas nao estava tao frio assim... hje está bem mais... saí com 2 camisas um casaco e luvas (mas nao teve fumaçinha hoje :( )
Sinto q além do tempo mudando, minha saúde também está querendo fazer o mesmo. Medo é dessa tal gripe do porco que já está aqui no sul do país e com o frio chegando, maior a chance de ploriferação. Se eu for contaminado e eu aparecer na TV, mando um bjo pra vc, Narilda! =]

Érica disse...

kkkkkk.. Ou vc acredita que eu na segunda feira, estava indo pra faculdade, toda feliz dentro do onibus. Bolsa, fichário, livro na mão e a minha melissa novinha, que eu tinha acabado de pegar na loja, nos pés. De repente, razoavelmente próximo do ponto de eu descer. Caiu uma chuva danada. Não era uma simples chuva de verão (já que a gente tá no outono, neh), mais parecia que o céu estava caindo, ou que a São Pedro tinha esquecido a torneira aberta, durante a faxinha que o proprio tinha resolvido dar em plena segunda feira às 18:30. Eu quase chorando dentro do onibus ao olhar minha melissa novissima que iria molhar inteira na chuva, comecei a torcer para parar de chover. Minha sorte é que Murphi se esqueceu de mim, naquela noite. Assim que eu desci do onibus o trecho da Amazonas que eu teria que atravessar estava simplesmente seco, e a ladeira que eu teria que subir.. simplesmente não precisei subir. pq o fofo do professor de Calculo, tbm tinha se atrasado por causa da chuva e resolveu me dar uma carona salvadora! Por fim e, meus pés e a minha melissa nova, estavam a salvo dentro do stilo maravilhoso do Matheus. Uhuuuuu!

bjo amiga
o/

.° celala disse...

Ah, c falou do calor, e eh isso q me mata.. A gnt leva sombrinha na bolsa.. e td mais.. mas da um segundo ta akele calor escaldante e a gnt suando.. Essa cidade nao sabe fazer frio nao!

Aviso

As imagens usadas neste blog são retiradas do nosso amigo Google. Caso seja uma imagem sua, peço que me comunique, assim, colocarei os direitos. Obrigada. Peço sua compreensão.