terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Uma pausa

Eu sei, eu perdi o controle. Eu sei, eu me esqueci do começo e do fim das minhas frases, frases que se misturavam com meus sentimentos. Fiquei tão perdida, tão envolvida nas minhas mudanças que esqueci de dividir o que guardo aqui dentro. Não me arrependi, foi necessário, eu estava precisando de férias dos meus próprios sentimentos. Deixei que eles ficassem escondidos, fiquei a salvo de qualquer idéia maluca, de qualquer sentimento absurdo, mantive distância de todas as loucuras. 

Comecei o ano sem metas, sem novas esperanças, comecei o ano como quem começa um outro dia qualquer.  Os desejos estão aqui, são os mesmos de antes, só que mais fortes, maiores, mais sólidos. Era certo que eu deveria engolir meus medos, certo de que a vida estava clara e fácil nas minhas mãos, eu que sou complicada, eu que inventava desculpas. Eu sou assim, fico pensando coisinha por coisinha, hipótese por hipótese e assim a felicidade simples vai dando adeus, vai ficando distante.

17 comentários:

Borboleta no Casulo disse...

É bom tirar férias e de tudooo!!
Bjs

Érica Verônica disse...

Eu sei bem como é Florzinha.
O mania chata de querer a vida dentro do nosso planejamento. As vezes acabamos nos esquecendo que o acaso e o inesperado pode ser muito mais interessante e prazeroso, porque vem de surpresa..

Um conselho para nós duas: Vamos deixar a vida seguir seu curso?

Bjuu

Obs.: Voltei a blogosfera amiga!

o/

AnaXimenes disse...

às vezes o que precisamos é do silêncio, de férias e de relaxar.
Renove-se, sonhe, invente e deixe a vida acontecer.

amei seu blog. ;*
beijoss

Déia disse...

Post maduro! Ta reflexiva...desejo bons frutos!

feliz ano novo

bj

Maíra K. disse...

Lembrei dessa frase: "Perder-se também é caminho" (Clarice Lispector).

Beijos! ;*

Mari disse...

férias serve pra isso mesmo, gostei muito do post!
bjos

Gui disse...

Na verdade a vida não é complicado, nos é que a complicamos, talvez por nos deixar o medo dominar, ou as ansiedades, expectativas de coisas que talvez poderiam ter acontecido e não ocorreram então vem a decepção, mas não pelo fato em si, mas pela projeção das coisas.
Mas o importante é sempre voltar-se para dentro de si e recomeçar! Reconstruir um novo amanhã e começar a mudar a visão da vida, com isso as atitudes mudam, os medos diminuem e o coração fica mais leva pra encarar a viDA.
Acredite, arrisque e vá atras dos seus ideais!

Beijos

Sônia Silvino disse...

Nariiiiinha!
Olá!
Boa noite pra você!!!
"Todos os dias devíamos ouvir um pouco de música, ler uma boa poesia, ver um quadro bonito e, se possível, dizer algumas palavras sensatas."
(Goethe)
Eu acrescento: todos os dias deveríamos visitar um blog de qualidade como esse!
Beijocas, muitas!
Sônia Silvino's Blogs
Vários temas & um só coração!
*Blogueira entrevistada no blog Patchwork nesta semana: Maysha!
Confira!

Rebeca Amaral disse...

É bom dar um tempo, respirar e tentar se encontrar. O ruim é a gente corre o risco de se perder mais ainda. Mas não custa tentar...

Um beijo, flor!

shaaa disse...

toda pausa eh bem vinda.
relaxa que as coisas vão se encaminhando da m,aneira correta.
beijo.
feliz 2011!

monologo de nanquim disse...

De pausa em pausa a vida acontece não é mesmo, o duro é que entre uma pausa e outra agente olha no espelho e percebe quem realmente se é, e agente até pode tirar um descanso ou outro disso, mas a verdade é que não acaba não é?

Abraços

Erica Vittorazzi disse...

Também parei de inventar metas para o meu ano novo. Resolvi querer as mesmas coisas de sempre.


Beijos

AnaXimenes disse...

Oi linda..
tem um selinho pra vc lá no meu blog *-*
é um presentinho pra vc!

http://aninhaximenes.blogspot.com/2011/01/selinho.html

beijão, fica com Deus :*

Camilla disse...

É bom perder o controle de vez em quando, e deixar os sentimentos voarem por aí... Eles poderão voltar, mas estarão mudados, como os seus!
Os bons voltarão mais fortes, e os ruins deverão ser mais fracos.
Não tente engolir seus medos. Encare-os de frente, passe por cima deles e mostre que você é bem maior, e que pode superá-los!
Não deixe a sua felicidade escapar, ela não tem esse direito!

Um beijo,
Camilla Alqualo
http://camillaalqualo.wordpress.com/

Erica Vittorazzi disse...

Porque a gente complica demais? Me explica?


Beijos

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Nara
Para amadurecer desejos e planos, há de se precisar dessa pausa.
Aprendi que os sonhos só se tornam realidade com bastante esforço, trabalho e...um pouco de sonho :)

Então, sonhe. Mas com os pés no chão.

Beijo, Nara.

***MissUniversoPróprio*** disse...

Às vezes a gente deixa os sonhos adormecerem um pouco, para que voltem mais fortes e enérgicos. É saudável e necessário.

Flor, saudades de você. Como estão as coisas? Conheci uma pessoa especial e lembrei de você... ele também é cabeludo (mas é moreno) e mora distante de mim...

Beijocas e obrigada pelo carinho lá no blog. Adorei o comentário, viu? ;) =****

Aviso

As imagens usadas neste blog são retiradas do nosso amigo Google. Caso seja uma imagem sua, peço que me comunique, assim, colocarei os direitos. Obrigada. Peço sua compreensão.