segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Linhas tortas




Dói pensar que nosso amor pode não ser o suficiente. Dói pensar que é necessário mais do que gostar para manter um relacionamento e que o próprio amor exige bastante atenção, carinho, sentimento, olho no olho e uma distância mínima. Acho que o amor me enganou. Acho que eu me enganei. Ele não engana, ele não nega.A culpa é nossa, aqui dentro. 


O que eu consigo ver é que nos amamos, o que eu vejo é que precisamos nos decidir e eu não quero que você faça a escolha errada pensando em mim. Eu acredito muito em nós dois, sou fiel a você, acho isso importante. Penso em você mais do que penso em mim, fecho os olhos por você. Se fosse construir algo, seria ao seu lado.
Parece ironia, covardia, maldade, coisa do destino, traquinagem da vida, agora estamos separados. E não foi algo que aconteceu com o tempo, simplesmente é um fato, um fardo, algo que já existia e por teimosia, insistimos em ignorar. E como a gente insistiu.


Eu sinto falta. Sempre me falta. Não queria ser tão ausente. Você me perdoa? Eu te perdôo, te entendo, não te culpo. Planejamos tanto. Quero ficar com você, mas quem disse que é uma decisão somente nossa? Somente sua, somente minha? Amo tanto você e por isso me inquieto tanto com nosso futuro.

 

23 comentários:

shaaa disse...

as vezes o querer mutuo não é suficiente.
=/

Allan Penteado disse...

é muito difícil quando esperamos que a outra pessoa reaja assim como nós reagimos, isso só nos deixa frustrados, você tem que lutar pra mudar isso, e para de criar expectativas sobre como outra pessoa reagirá. beijo

Luna Sanchez disse...

Ai, ai...em alguns momentos essa coisa da distância pesa mais mesmo. Mas eu ainda aposto minhas fichas no querer bem, sempre!

Beijos!

ℓυηα

Borboleta no Casulo disse...

Olááá, achei o seu blog muiito lindo. Estou até te seguindo!!
Bjs

°•~ ∂ąnnι °•~ disse...

Nossa Narinha, que texto! Li 3x e eu juro que eu senti aqui, cada linha, cada palavra, toda emoção e sentimentos....

Mas o título, diz tudo... Dê tempo ao tempo. "Deus escreve certo por linhas tortas."

Fique bem!

Bjs!

=)

so sad disse...

tem um selinho pra vc no blog!
beijo!

Deysilanne Sousa disse...

É doloroso quando temos que aceitar que "apenas" amar um ao outro não é suficiente. E é cruel aceitar que a culpa não é de ninguém... e que a gente não tem com quem gritar, com quem desabafar a dor.
Muito lindo o texto... e real também. Acho que muita gente já passou por isso, incluindo eu.
Parabéns pelo blog! Tudo mto bonito por aqui =)
Abraços ;***

Rebeca Amaral disse...

O amor é feito de trocas como você bem evidenciou no seu texto. Os relacionamentos, em geral, também. É preciso doação e compreensão dos companheiros. Sai procurando e tentar achar o que tá faltando. Você é decidida, vai conseguir achar o equilíbrio. Lindo texto!

Beijos!

Malu disse...

Gostei tanto daqui.
Adoro blogs com conteúdos assim, sensíveis e delicados...

Maíra K. disse...

Ultimamente, tudo aqui dentro dói. Dói bastante. Deve ser dor de saudade, daquelas que corroem o coração. =T

beijos,
bom fim de semana!

Juliana Oliveira disse...

Ai que saudade daqui! Se lembra de mim|? Estou voltando com força total, com muita garra e sonho. Mais uma vez, um texto liiindo. Bjuuus

Dai disse...

Essa inquietação toda já demonstrar um querer bem, né?

É estranho isso, a gente cresce achando que o amor basta. Mas depois quando o amor chega, a gente vê que existem tantas outras coisas.

O amor é simples mas devia vir com manual de instruções.

beijo

- disse...

-
Nara,
Segura o momento inquieto em que seu pensamento de debate e vibra, essa é você: lutando para encontrar caminho entre todas as incertezas e os não-suficientes. Que mais se pode fazer? Por tudo o que sei a vida é assim, o amor é assim - exige.

beijo moça :*

Thaís Dantas disse...

Que lindo! Amei o blog! *-*

Erica Vittorazzi disse...

Eu acredito no impossível. E conheço casos de distâncias que deram certo. Portanto: eu insistiria!


Beijos

Jenny Cullen Neto disse...

Mto legais suas “Reflexões”! Já to seguindo!
Qd der, visite tb meu blog de humor!
Um graande abraço e parabens pelo blog
www.santaingnoranca.blogspot.com
@santaingnoranca

Hosana Lemos disse...

dói tanta coisa que já nem consigo destinguir o que é dor do que não é.


adorei

Malu disse...

Vim para deixar um FELIZ NATAL e um grande ANO NOVO a ti e a todos aqueles que teu coração abriga.
BOAS FESTAS!!!!

Gabriel disse...

Dói tanto quando descobrimos (ou relembramos) que o amor não é suficiente para resolver todos os demais problemas de relacionamento. Que vontade de não significa disposição (ou capacidade) de, e que nem sempre é melhor estar perto de quem se ama.

Independente de saber isso, não é assim que sentimos. e desrespeitar sentimentos com argumentos racionais é um perigo tremendo. Então, não sei, mas eu ficaria com a opção de tentar, tentar muito e de diferentes maneiras, para fazer dar certo. E, se não der certo, a consciência do esforço e disposição ajudarão a cuidar das feridas.

Redundante dizer depois de tantos comentários, mas seu blog é realmente excelente!

Bjs,
Gabriel

°•~ ∂ąnnι °•~ disse...

Narinha,
passei pra desejar um Feliz Natal repleto de paz e harmonia!

E um 2011 cheio de realizações!

Fique com Deus!

Bj grande!

=)

***MissUniversoPróprio*** disse...

Florzinha,

sempre me conforta pensar que o que tiver de ser, será.
A distância dói, e, por vezes, adormece o sentimento, mas, sendo este verdadeiro (como acredito que seja), sempre desperta, e é como se nunca tivesse havido tempo ou distância.

Feliz Natal, flor, e um 2011 recheado de amor e paz.

Beijos. ;)

Clara disse...

É duro descobrir que o amor não basta, mesmo quando a gente acha que ele é na medida.

beijo

Deni Maciel disse...

Seu post mto revigorante e interessante.
parabens
e venho tbm dizer ou melhor
desejar um ótimo ano novo
uma passagem d ano feliz e unica..
q 2011 seja bm melhor q 2010
e conquiste o q desejar..
ou q adiante os processos pra essa conquista.
abraços e até um dia.

o
www.bocadekabide.blogspot.com
agradece o carinho *-*

Aviso

As imagens usadas neste blog são retiradas do nosso amigo Google. Caso seja uma imagem sua, peço que me comunique, assim, colocarei os direitos. Obrigada. Peço sua compreensão.