quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Temos todo tempo do mundo




Estou numa fase bem diferente na minha vida. Gente nova, conhecimentos novos, outra rotina, realizações, passos grandes e um bocado de sonhos novos aqui comigo. A minha fase é de abraçar o mundo, e eu ainda não sei se meus braços finos vão alcançar tantas coisas assim. O que eu sei é que essa mudança de mundo faz com que meus olhos brilhem. É bonito, sabe? Tem cheiro de liberdade e até parece inocente, mas eu não me engano, liberdade demais nunca é inocente. Então eu vou assim, tropeçando nas minhas próprias pernas. Tenho medo? Tenho. A vida nova faz a gente se perder da vida velha e eu tenho coisas preciosas demais na vida velha para dar as costas assim pra tudo o que sempre me apoiou e para tudo o que eu criei como verdade absoluta.

Como de costume, eu estou naquela minha velha luta com o tempo. Meus sonhos estão se acumulando. A caixinha dos sonhos está ficando cheia, a caixinha das dúvidas também. Tenho um conjunto de “e se...”. E se não der certo? E se a vida nos der as costas no momento decisivo? E se eu decidir agora mesmo? Então eu penso nas conseqüências, nas mudanças, no que terei que enfrentar, penso como irei sobreviver e a conclusão me parece tão clara, tão confortadora. Eu não posso me entregar ao “e se...” e desistir. Eu tenho um plano de vida, e eu não quero ter que ser obrigada a ter um plano B.

Existem sentimentos em mim que são longos, outros são curtos, como a calma e a paciência. Eu não sei esperar, não nasci pra isso. Fico procurando saídas, querendo que o tempo passe. Poxa, tá tudo tão diferente, vamos pegar as malas e mudar isso também. Vamos mudar antes que algo ou alguém mude por nós. Existem fantasmas por aí e na minha pequena cabeça, fantasma é a forma que o meu medo tomou para me assustar, simples fruto da minha imaginação, sentimento que tem corpo de gente e que vira e mexe aparece para atrapalhar meu sono e sonho.

E é nesse meu mundo, com mudanças boas e mudanças fantasmas que eu vou andando. A gente tem que andar, sem contar que ficar parada nunca combinou muito comigo. As coisas se ajeitam com o tempo, tenho fé nisso. As idéias se organizam, eu não gosto dessa bagunça. Gosto quando as coisas estão nos devidos lugares. Gosto quando eu sei o que eu quero. Gosto quando eu sei o que fazer para conseguir o que eu quero.

29 comentários:

Rodrigo Passos disse...

gostei do texto!!

Jussielly L. disse...

Os nossos passos fazem com que tenhamos sempre mais tempo, otimo texto, lindo lindo *-*

Luna Sanchez disse...

Se não descobrir o que fazer, inventa! Isso faz parte do desafio e do prazer da vida nova, Naretche. ;)

Beijo.

ℓυηα

airlon disse...

e se você plantasse um pé de 'se' nasceria um de 'quase'? Ah, e o cheiro de liberdade é o melhor que há... bjo, saudações musicais!

APS

Isabela Pimentel disse...

Sempre lindos os teus textos. Precisamos organizar nosso tempo pra que ele renda mais,.ne!mas é dificil!!!

só n podemos adiar sonhos!!

Bjs querida

Fabi disse...

É isso aí, falou e disse!!!
Sonhas faz parte de tudo, se não sonharmos estamos meio mortos.
beeijos

Eraldo Paulino disse...

Eu sempre sinto cheiro de liberdade aqui. Teu post e você mesma me inspiram isso.

Obrigado por mais um post que me fez tão bem!

bj

Allan disse...

Nara somos gêmeos !
"Eu não sei esperar, não nasci pra isso. Fico procurando saídas, querendo que o tempo passe." >>> melhor

"As idéias se organizam, eu não gosto dessa bagunça. Gosto quando as coisas estão nos devidos lugares. Gosto quando eu sei o que eu quero. Gosto quando eu sei o que fazer para conseguir o que eu quero."

penso igualzinho você, eu não sei esperar, vou escrever algo do tipo no blog. beijão

Déia disse...

o "e se"... faz parte da fantasia e não da realidade...

Se tem muitos sonhos, é bom começar! RS

bj

Maíra K. disse...

Novidades, transformações, mudanças fazem parte de viver a vida intensamente, são sempre muito bem vindas!

Mas dúvidas fazem parte desse caminho a ser trilhado, são boa para pararmos de vez em quando e repensamos se estamos ou não na estrada certa para ir de encontro ao que queremos!

bom fim de semana!

Roberta M. disse...

Nara, sou para ontem sabe, tudo meu tem que acontecer logo senão eu piro, te entendo, e sabe do que mais, é bom viu, muda não rsss, beijocas

Marcela disse...

não sei com vc, mas nessa fase parece exato o choque "eu sou adulta" .. to em crise por causa dele até hoje rs

Erica Vittorazzi disse...

Se eu não estiver enganada, você está no primeiro ano de faculdade de psicologia, certo?

Como eu lembro destas sensações. Eu não só queria abraçar o mundo, mas também queria salvá-lo.


Espera até chegar ao terceiro ano. Com todos os testes psicológicos que você já saberá... hehe. (Odeio a síndrome do terceiro ano)

Beijos

ॐ Nαтн disse...

Gostei do texto

Parabéns, escreve muito bem!

A vida é mesmo assim... nunca estamos totalmente preparadas e com respostas...
Nossas escolhas sempre fazem abrir mão de alguma coisa...
mesmo assim devemos seguir em frente dando o melhor sempre.
Esforçar-se por isto é o melhor a fazer, mesmo que possa nao ser o suficiente sempre! ...

Déia disse...

bom domingo!!

bj

Ana C disse...

Ai,Nara!
Seus posts sempre parecem que foram feitos pra mim (egocentrismo aqui, ó)
Ainda bem que passei aqui ao acordar. Precisava ouvir coisas assim (todos os dias!) logo pela manhã.
Adorei muitíssimo.

;**

Menina Misteriosa disse...

Nem sempre esse saber é tão certo assim. E aí que possibilidades se abrem. E que mudanças acontecem. E elas podem vir para complementar e não pra ocupar o lugar das antigas.

Saudades de você, Narinha!

Beijo!

MeninaMisteriosa

***MissUniversoPróprio*** disse...

Sim, as coisas se ajeitam com o tempo. Vá vivendo, vá vivenciando toda essa novidade, toda essa vida que se mostra a ti.
Não tenha medo, apenas siga em frente e confie na mistura colorida que resultará do que é velho com o que é novo. Basta que você saiba selecionar o que realmente lhe serve.

;) Beijos, flor!

Andressa da Mata disse...

sabe,se eu te falar que me arrepiei todinha só de ler as suas palavras você acredita ? Amei aqui!

Beeijos

Sika disse...

E temos sempre que dar um passo de cada vez, certo?

Eu esse ano estou vivendo também inúmeras experiências novas com a faculdade. Muitas boas, algumas ruins... assim é a vida.

Percorrendo o caminho vamos aprender a diferenciar as coisas boas e ruins e aprender também a lidar menos com todas elas.

Beijoks Nara! ;)

Dai disse...

Se você descobrir como faz pra ter certeza você me ensina? Se você achar o meio de transformar o "se" num "fato", você me leva pela mão? Quando você souber outro solução sem ser uma caixa na cabeça você me escreve?

Obrigada

(ufa..com esperança)

beijo

Poupée Amélie™ disse...

Os 'ses' são o combustível para o desafio. 'Se' (olha ele aqui também!) tivéssemos certeza de tudo, que graça teria viver?
bjO*

Déia disse...

querida, não se assuste rsrsrsrs é apenas uma fase pós traumática da falta de romantismo da maternidade kkkkkkk

Logo eu melhoro!

bj

Mali Melo disse...

Sinto entusiasmo diante do futuro, sabe. E medo, muito medo. Que nem você, também não quero ter um plano B, mas os desenhos animados me ensinaram a sempre ter um caminho extra. E mesmo não querendo, já estou aqui eu vendo a possibilidade de largar meus sonhos. Isso dá um certo desconforto gigantesco.
Esse último parágrafo foi tudo.
E vê se pára de ler meus pensamentos, viu, Nara? arf! bjz

E.Suruba disse...

Se joga :D

Naty Araújo disse...

Pois é, taí.. Tbm não sei esperar não.
E convivo todos os dias com pessoas novas, coisas novas.
às vezes é bom, mas às vezes..........

Vc me surpreendeu agora, pq eu penso exatamente assim.

Temos tanto tempo, mas devemos saber administrá-lo.

Beijos, Nara

Sika disse...

Pois é Nara, acredito que faltou o "mudar" ali. Tenho consciência de que a mudança é necessária. As vezes temos que começar a buscar por nós mesmos.
Obrigada por lembrar. Acrescentei o "falta mudar" nas inúmeras faltas que tem no post. Risos.

Beijos e uma ótima semana ;)

Déia disse...

saudadeeeee

Mari disse...

quer saber? eu tb pensava assim a um tempo atrás, mas daí eu percebi que meus braços poderiam ficar mais fortes e que mesmo que a gente não queira, um dia usaremos o plano B!

adorei o blog!
visitarei mais vezes =D

Aviso

As imagens usadas neste blog são retiradas do nosso amigo Google. Caso seja uma imagem sua, peço que me comunique, assim, colocarei os direitos. Obrigada. Peço sua compreensão.