terça-feira, 31 de agosto de 2010

Fica aqui



Quero um beijo e um abraço apertado. Tá tudo bem comigo sim, só estou meio sei-lá-o-que. Sabe quando o coração fica pequeno? Fiquei assim desde que brigamos. Eu não gosto disso, não me sinto bem. Eu te acuso, você me acusa, usamos palavras duras e no final nada se resolve. A gente tenta matar o assunto, fingir que nada aconteceu e abusamos das desculpas.
Tem dia que eu quero atenção, um carinho não faz mal a ninguém. Eu queria ter coragem de te dizer “Ei não vai hoje não, fica aqui comigo, me diz coisas bonitas, coloca um sorriso aqui na minha boca”. Tem dia que eu não quero ficar sem você, sem sua companhia.
A gente não pode viver só com as palavras, os sentimentos são mais do que isso, então demonstre, me mostre, fale algo que me deixe menos insegura, menos carente. Só quero algo que tenha mais cara de amor e menos jeito de costume.

25 comentários:

Déia disse...

Dificil achar essa medida, né?
Difícil alguem dar aquilo que precisamos e mal sabem que precisamos de tão pouco!

bj

! Marcelo Cândido ! disse...

O pouco se torna muito nessas horas que não passam ,,,

Guilherme Augusto Codignolle Souza disse...

Você me lembrou uma musica antiga que adoro de paixão...

http://www.youtube.com/watch?v=2XOL0EckLcg

^^

http://codignolle.blogspot.com

Roberta M. disse...

AS VEZES UM ABRAÇO É TÃO ACOLHEDOR, MELHOR QUE MIL PALAVRAS, CORRA ATRÁS DESSE ACONCHEGO...BEIJOS

***MissUniversoPróprio*** disse...

Ah a carência...esta que acompanha meus passos desde que me entendo por gente. Às vezes ela me esquece um pouco e eu sigo vivendo, mas ela logo volta e me faz enxergar o que não existe.

Te quero bem, flor. Fica bem

Beijos.

Luna Sanchez disse...

Naretche, voltei! =)

O mundo gira e a gente insiste em continuar oferecendo aos outros o que nós queremos receber...que coisa!

Pelo certo eu não deveria nem citar isso, já que não tenho uma alternativa melhor para sugerir, mas reclamar do que não sabemos como mudar também já faz parte do show.

Saudades de ti.

Beijo, beijo.

ℓυηα

Bruna Fernanda, 24 anos! disse...

Tem selo no meu blog pra vc =)
Aproveita e segue eu tb =]
Bjs

Sílvia disse...

Apenas queremos um bocadinho que seja só nosso, como se o nosso nome lhe pertencesse e o pudéssemos usar a todo o instante.
Um beijo

Maíra K. disse...

O maior problema é achar o equilíbrio! Eu ainda não achei... =

Beijos,
Bom fim de semana!

Erica Vittorazzi disse...

Em dias assim, faço brigadeiro...


beijos

Rebeca Amaral disse...

"Só quero algo que tenha mais cara de amor e menos jeito de costume."

Exatamente isso, Nara. Seria tão bom um amor assim no ponto. Mas é tão difícil saber a medida.
Ai que complicação!

Lindo texto!
Beijos, flor.

Sika disse...

Adoro seus posts, pois acho eles sempre muito parecidos com os meus, com o que eu sinto e coisa e tal.
No momento eu acho que preciso de uma boa companhia... ;~

Beijos Nara! ;)

Juliana Oliveira disse...

Nara, vc tem bom gosto! É por isso que me identifico tanto com vc! Obrigada pelo carinho, estou cursando letras rsrs. Bjks

KG disse...

Palavras dizem menos do que a voz do coração... E, ele fala de muitas maneiras: basta um olhar, um olhar profundo, para sentir o que uma alma lhe diz!

Huga Kátia disse...

"A gente não pode viver só com as palavras" porq é tão dificil pra eles enteder isso eim!??
...bj* querida, linda noite pra vc!

Érica Verônica disse...

A gente nem pede muito né. Só pede que tenha mais cara de verdade. Menos "da boca pra fora."

Obs.: Saudade de você amigaaa. Muita muita muita. De verdade.
=)

Ana C. disse...

Adoro como você finaliza seus posts. Parece final de livro bom, que a gente lê uma vez e não esquece nunca mais. ^^
Ameeei esse post!



Ps: Passei um tempão sem vim aqui, mas comentei nas postagens antigas.
Não resisti, desculpa ;D

;**

Lets disse...

O que a gente precisa aprender é que tudo o que a gente quer que mude depende da gente. Tudo muda qdo vc muda flor. é assim que é, infelizmente. Talvez se a gte aceitasse que não precisa se acostumar se não quiser a gte seria mais segura mesmo. Sei lá, as coisas como são né.
Beeeeeijo.

Caroll disse...

Nossa, acho mto ruim quando a pessoa dia EU TE AMO mas em momento algum nos mostra que isso eh verdade.
Falar de sentimento é facil. O dificil é transmiti-los.
Adorei o post.Acho que todo mundo ja sentiu isso um dia!


www.bellezapoemesa.blogspot.com

so sad disse...

esses momentos são tão dificeis... no ferimos, não ouvimos, ouvimos demais...tudo provoca...
espero que vc consigam se equilibrar novamente.
beijo!

Déia disse...

Querida,

To com saudade!!

Venha ver seu sobrinho no Divã.

bj

Sônia Silvino disse...

Narinha!
Vim te dar um abraço bemmmmm apertado!
Fique com Deus, minha lindinha!

Ana C. disse...

Indiquei seu blog pra receber dois selinhos lá no blog,tá?

;*

Luna disse...

o filme é sempre o mesmo, só mudam os personagens.

Andrielle Gomes. disse...

meu Deus que coisa mais linda de se ler!
Nara querida esse teu post descreveu muita coisa que ja vivi e que ando vivendo ainda.
o sentimento é mais que palavras realmente. o costume, o apego, as vezes se mostra mais que o amor.
grande beijo.

Aviso

As imagens usadas neste blog são retiradas do nosso amigo Google. Caso seja uma imagem sua, peço que me comunique, assim, colocarei os direitos. Obrigada. Peço sua compreensão.