segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Esse meu coração apertado



 ♪♪ Faço promessas malucas tão curtas quanto um sonho bom
Se eu te escondo a verdade, baby, é pra te proteger da solidão
♪♪

Hoje eu acordei assim, com o coração apertado, a cara fechada, com vontade de acordar você, deitar na sua cama, receber seu abraço. Estou com vontade das suas coisas, do seu jeito e gestos.
Eu não sei se já contei isso, mas eu tenho medo dessa distância toda. É que dizem que a distância com o tempo nos faz esquecer das coisas. E eu não quero esquecer, eu não quero que você se esqueça. Nós tivemos uns dias tão bonitos, uns dias que poderiam não ter fim, e eu te amo, amo por tudo o que vivemos nesses dias tão bonitos.
Eu vejo pessoas tão enganadas. Enganadas por elas mesmas, enganadas por outro alguém e até pela vida. Ei, olha pra mim, segura a minha mão. Você não faria isso comigo, né? Ah, me desculpe. Estou sempre pedindo desculpas, o que há de errado comigo? Que sentimento mais feio, quanta insegurança. Não sei por que penso essas coisas, a culpa não é sua. Mas sabe, é tudo novidade pra mim. Todo esse sentimento duplo, essa vida, esse amor, essa reciprocidade, tudo é novo para mim. Acho que não me acerto com ela, só quando você me abraça, aí eu sinto que estou bem com tudo o que você tem a me oferecer e quer oferecer.
Você não me machuca, eu mesma faço todo esse trabalho sujo. Acabo comigo, questiono o que não deveria, sinto ciúmes sem razão, imagino outra em seu pensamento, faço cena. Que direito eu tenho de duvidar assim da gente? Não me olhe assim, não me ouça.

Ainda não sei lidar com o nosso certo, aí invento o meu errado, meu medo absurdo, esse meu coração apertado.

Faz parte do meu show
 Faz parte do meu show, meu amor

35 comentários:

Guilherme Augusto Codignolle Souza disse...

Nossa...
Muito bom...
É por esse e outros textos seus que coloquei vc na minha lista de leitura obrigatória.
Expus vc no meu blog até. La do lado direito
:)

http://codignolle.blogspot.com/

Ja enviei pra uma amiga em especial que com certeza precisa ler isso... :p

Parabéns. ^^

gabyshiffer disse...

Olha,
É só um texto ou é verdade que vc sente isso tudo ai?
Se for digo a vc só uma coisa, pode ser uma fase e passa...
Mas vc tem que procurar se controlar
Lao Tsé falou "Aquele que domina os outros é forte, aquele que domina a si mesmo é poderoso."
Perfeito né?
Sim só vc pode de detonar ou se colocar pra cima, fazer acontecer e fazer dar certo.
Então fica a dica
E outra coisa,
adoro o seu jeito de escrever viu
Boa noite pra vc
Beijos na alma!


Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.
Clarice Lispector

Erica Vittorazzi disse...

Você está sofrendo de saudade, amiga.
Sei como é, tenho crises parecidas.
Sabe, me mande seu e-mail que vou te mandar o conto da Psiquê. Temos a síndrome da Psiquê, de vez em quando..


beijos

Déia disse...

Ui, inspiradíssima!!! adorei!

bj

Dai disse...

"não sei lidar com o certo, aí invento o errado"

Posso ficar repetindo isso como um mantra?

Quando leio seus textos aqui, sempre me pergunto como uma alma leve como a sua consegue arrancar textos tão densos como esse.

õ_0

=*

Mali Melo disse...

A gente fica se repreendendo sempre né. Auto-crítica, é o nome. Pelo menos significa que a gente percebe que está sendo a errada.
Acho lindo esse seu jeito de usar as palavras. Tão diferente, dá uma sensação esquisita de ler. Cócegas por dentro da pele, sei lá. xx

Rebeca Amaral disse...

Ai, que post gostoso de se ler! E ainda por cima acompanhado por essa música do Cazuza... Uma delícia!

"Ainda não sei lidar com o nosso certo, aí invento o meu errado, meu medo absurdo, esse meu coração apertado."

Acabou de virar minha mais nova filosofia de vida! rs

Beijos, querida! Adorei!

Roberta M. disse...

Queridíssima Nara, vc sabe que sempre fiz isso comigo?!?! Uma tortura terrível, dor no estomago que nao se explica....sabe o que me fez passar e sentir paz de novo? Saber que eu posso, que eu sou, que eu, eu e eu consigo...e claro que tb estipular a paz como a base do meu relacionamento, algo como um ultimato para mim e para ele tb...ou é relaçao sem jogos e com paz ou nada!! Vc é espetacular querida, libere seu coraçaozinho!! beijos

plinio disse...

ahuahuahuahuahuahua Nara tu ta querendo agarrar o avô de quem, agora? Vai escrever merda assim na casa de caraleo. Ou será a mulher-bode que nao tem o que fazer? ahuahuahuahuahauhuahua Uma é feia que doi e a outra é uma velhateen ahuahuahuahauahua É muita mulher merda. Nem levando uns tabefes ahuahuahuahua

desejo disse...

imaginaaaaaaaaaaa, Plinio! Nao diga isso da Tera Queiroz. Ela nem é feia, jamais foi rejeitada por ninguem e a vida dela é muito real ahuahuahauhauahua Ate quando ela inventava que tinha namorado medico paulista que ninguem jamais conheceu. O medico terminou morrendo. Foi a única maneira que ela arrumou para despachar o ghost que jamais existiu ahuahuahauhauahu E a facuuldade de artes que ela inventa ter feito na FAAP , quando nao cursou nem um ano? Tera, se liga, fror! Tem gente aqui que te conhece beeeeeeeeeeem de Sampa. Paúra,fror. Paura. Escrevendo mal desse jeito vc nao engravida jamais. deus castiga ahuahuahauhauahua

Nini C . disse...

que lindooo... ah, e eu amo essa musica *--*

Léo Santos disse...

Ah! Contudo, esses romances são tri legais... Pois, é melhor uma relação um tanto confusa do que relação nenhuma!

Um abraço pra ti!

A!!ªN disse...

sabe Nara também não gosto de seguir as regrinhas dos selinhos, tudo bem então..

se preocupa não, também me sinto um velhote ás vezes, vivo dando conselhos, não gosto que meus amigos se ferrem, mas as vezes eu presiso de conselhos também...

Nara disse...

Mas o que é isso? Tão me confundindo de novo com alguém? #Mereço?

Oh, não quero namorar o avô de ninguém, não invento namorado, e nem fiz curso de artes!

Por favor, tratem de procurar direito essa pessoa que vocês tanto querem insultar.

Peço desculpa aos outros leitores e agradeço os comentários verdadeiros.

Beijo,
Nara

Bruna Fernanda, 24 anos! disse...

Rs obg pela visita
Eu sempre pego fogo XP, rss

Adorei o texto viu, quanta inspiração neh =P
bjo

Juliana Oliveira disse...

Que lindo guria! Amnei muito o seu texto, ele ficou fofo. Tão sensível. Muita sensibilidade. Bjooos

Lari Rodrigues disse...

Lindo texto queria eu saber como é o amor, como é fazer cena, poder usar letrasromânticas, mas um dia esse amor vem.

shaaa disse...

as vezes me pergunto onde essa insegurança irá nos levar??

lindo lindo!!

beeijo

Sônia Silvino disse...

Narinha, minha linda!
Adooooro tudo o que escreves!
Fluente, tocante e envolvente!
Pois vem do coração!
Bjs, muitos!

Por que você faz poema? disse...

Não há certo nem errado,
culpados ou inocentes;
basta viver.

#Hunters disse...

tb me sinto assim...


to te seguindo, se puder retribuir.. hahah

beijos G.

Eraldo Paulino disse...

Ual!

como eu gostaria de um dia poder escrever isso: "Não sei lidar com nosso certo, aí invento o meu errado"

Apaixonante a paixão de vocês. Mesmo.

Bjs, querida!

meus instantes e momentos disse...

o inventar o errado faz parte do nosso show de vida... é assim sempre, só que poucos escrevem isso.
ótimo texto.
Maurizio

Laurinha . disse...

o amor engana . eu nao sou enganada . '-'

so sad disse...

tem horas que não sabemos viver em paz e inventamos o sofrer.
beijo!

Juliana Oliveira disse...

Muito lindo! Amei demais, quanto amor!
Está muito sumida...super bjks*

Isabela Pimentel disse...

Seus textos, sempre lindos!Adorei!!!


Bjinhosss

saudade de voce no meu blog!

Andrielle Gomes. disse...

Narinha!
sabe que me identifico muito com tuas palavras também? é.
essa loucura de amor nos deixa assim loucas também flor! nos faz errar. pedir desculpas. errar de novo. ter a tola suspeita de tudo. o receio de perder. poxa a gente tem! é, nos deixa por si só bobas mesmo. isso é fato.
mas quem se satisfaz com a perfeição me diz?
chero Nara :)

Maíra K. disse...

Sei também que culpa de colocar amor onde não tem, não é dele e só minha.

Mas passa, sei que passa. E invento outro alguém para amar =)

Boa semana!

Juliana Oliveira disse...

Obrigada pelo kmt. Ele foi sincero e muito real. Vc tem toda razão, temos que correr atrás. Bjão e volte sempre nara!

***MissUniversoPróprio*** disse...

Você já sabe que é tudo sua própria invenção. Só falta, agora, procurar mudar a forma de pensar. Vocês tem tudo para serem felizes.

;)

Obrigada pela força, viu, flor?

Beijo grande.

Huga Kátia disse...

Ai querida! q lindo. é muito gostoso amar assim, sei como se sente esse medo de se entregar e sofrer de novo é quase impossivel de controlar, mas dar uma observadinha se está tudo seguro mesmo, e relaxa, vc merece ser inteiramente feliz...bj**

Sônia Silvino disse...

Narinha liiiiinda!
Não invente não! Curta esse amor lindo!
Beijinhos, muitos!

***MissUniversoPróprio*** disse...

Olá, florzinha.

Obrigada pelo carinho e pelo cuidado... sobre o que há, é fase, acredito (e espero). Logo a vida volta aos eixos...

Beijos,

Miss

Ana C. disse...

Nossa, gostei muito, Nara!
Ando meio que desse jeito, ultimamente hihi
Essa novidade apareceu na minha vida também ;)

Aviso

As imagens usadas neste blog são retiradas do nosso amigo Google. Caso seja uma imagem sua, peço que me comunique, assim, colocarei os direitos. Obrigada. Peço sua compreensão.