quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

O que insiste nos separar


Após ouvir a sua voz eu senti um amor enorme. Eu me pergunto se esse sentimento todo caberia dentro do meu corpo tão pequeno. Acho que meu coração é grande. Não por ter que confortar toda a minha bondade, não sou tão boa assim, é grande só para você poder viver dentro dele.

Eu também me perguntei o que faria com essa saudade toda, às vezes parece que vou sufocar. Será possível? Sinto a saudade transbordar, e as pessoas conseguem ver essa saudade saindo pelos meus olhos, boca, ouvido e nariz. Eu não fico com vergonha, não me importo de ser tão transparente, eu aceitei o seu amor e cuido dele a cada dia. Eu não tenho vergonha de mostrar toda a minha saudade, de contar por aí nossos detalhes, momentos, não me importo de reviver toda nossa história. E enquanto me delicio com a delicadeza das palavras que vivemos, um sorriso surge. Você é realmente a melhor parte.

Não sei se você já sentiu esse amor, não sei se alguém conseguiu despertar em você metade do que eu sinto agora. E mesmo que tivesse não me adiantaria justificativas, pois meu amor é o maior do mundo.  É errado pensar assim? Pode ser. Mas quando se encontra alguém com cara de destino, gosto de destino, cheiro de destino, jeito de destino, o amor vai crescendo a cada dia e parece ser maior do que qualquer muralha.

18 comentários:

Cibelle disse...

Que lindo o amor.... *suspiro*

Tem selinho para você...

Beijos!

Érica Verônica disse...

Observe que a maior muralha do mundo, também forma uma ponte.

Muito lindo o texto florzinha. è tão bom sentir esse amor imenso que faz o coração da gente ficar cada dia que passa maior, só pra comportar esse sentimento todo neh.

(suspiro)... amei.
bju grande

o/

Sil disse...

Acho que quando aprendemos o BAB do amor.. deveria vir junto uma placa dizendo:

O ministério da saúde adverte: A distancia pode trazer sérios transtornos de carência e afetividade.

=\

Bjos

PS: Só de saber que estamos a pouco mais de 5 minutos de distancia um do outro.. e mesmo assim... parece que estamos em mundos diferentes.. me deixa súper triste...

Carol Carvalho disse...

Oi minha lindinha!!!
Que amor bonito esse viu. E não tem problema nenhum em demostra-lo e compartilha-loconosco!! ^^ adoooro!!
Eu ouvi sim o core do bebê e batiia muuuito rápido, 150batimentos por minuto!!! :)
Oh passa lá no outro blog que tem selinho pra vc tá?!
http://mimosdoblogdacarol.blogspot.com/
Bjos meu e do bebê pra tia Narinha!!

Athila Goyaz disse...

Qdo o destino é assim não tem nenhum outro ser que possa separar 2 corpos.

LINDO!

bjus

Luna Sanchez disse...

Destino, quando tira pra ser gostoso, não tem o que pague! Ui! =)

Beijos, moça apaixonada! (Coisa bem boa, isso!)

ℓυηα

Daniel Savio disse...

Aff, por que não tenta se feliz com ele?

Ou se for o caso, não seria procurar a felicidade com outro alguém?

Desculpa, logo na primeira visita venho te aporrinhar...

Hua, kkk, ha, ha, eu prometo melhorar.

Fique com Deus, menina Nara.
Um abraço.

Sônia Silvino disse...

Narinha!
Que cheirinho de paixão, hummmmm!
Bjkas!

❀ Déia Musso ❀ disse...

Perfeito
Arrepiei!!!!

Eu senti a saudade que vc descreveu, de tão bem que narrou.

Ah...Obrigada pelos parabéns Narinha!!!!

Agora, sobre o momento "axé"...abafa!!!
ahauahuah

bzoo linda

Vêza Lopes disse...

Aiii, que lindo Naraa!!!
Naum estou podendo ler essas coisas... Eu terminei com meu namorado, naum estou com saudades dele, mas confesso que me sinto muito soh...
Quero encontrar um amor desses, que vai fazer meu coração ter que aumentar pra caber dentro...

Déia disse...

NaradeDeus....

O meu amor tb é tão grande pelo grandão que chego a me emocionar..

Como pode né? Algo tão gigantesco em pessoas que calçam 34 rsrsrs

Como pode haver tanto desejo de coisa boa, tanto carinho, tanto tesão, tantoo....grandão, vem cá....rs

bjs e zezoga no seu amor

***MissUniversoPróprio*** disse...

Que lindo flor, bom te ver leve assim!

Ó, o olho lá não é o meu não, viu? ;)

Beijos!

Daniel disse...

Até tú?
Xique é você, mas com a calcinha sendo lavada do bateroom uahauaha

Déia disse...

Voadoraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

vc acha que com esse tamanho eu consigo voar em alguem? rsrsrs

bj

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Ah, que lindo!
O amor deveria ser sempre assim!

Beijo!

Sônia Silvino disse...

Nara!
Obrigada por participar do meu blog Reflexões. Seja sempre muito bem-vinda!!!
Te sigo aqui e lá no céu!
Bjkas e ótimo findi!

Menina Misteriosa disse...

Não tem nada de errado. Sentir esse amor que invade e transborda é delicioso. E, para cada um, ele é o maior e o mais importante!
Bom demais isso... continue aproveitando!
Só a distância que é chata, né? Mas depende de vocês unir os pontinhos no mapa! :)
Boa semana, linda!
Beijos

airlon disse...

no amor não existe 'o certo' nem 'o errado', existe apenas a decisão que vc tomou, e pronto.

(uau, filosofei hein???)

bjo moça, saudações musicais!

APS

Aviso

As imagens usadas neste blog são retiradas do nosso amigo Google. Caso seja uma imagem sua, peço que me comunique, assim, colocarei os direitos. Obrigada. Peço sua compreensão.