domingo, 15 de novembro de 2009

Alma cheia


Eu ando meio travada, meio calada, as palavras estão fugindo de mim assim como eu fujo das aulas de matemática.

Talvez eu esteja mesmo vazia ou então por algum milagre minha agenda ficou cheia. Longos e divertidos programas que ocupam todos os meus dias, todo o meu tempo. Gostei dessa desculpa. Pronto, eu estou sem tempo. Não é assim que as pessoas adultas fazem? “Olha Pedroca, eu bem que queria ir à sua casa sexta-feira mas estou sem tempo, por isso eu não vou. Sabe como é, né? Vida corrida...” Soa importante.

Eu acredito em alma. Eu fico imaginando como ela consegue viver dentro de mim. Pois sim, minha alma mora dentro de mim. Eu acho um espaço tão pequeno para abrigar alguém. Talvez um lugar complexo, cheio dos cantinhos. Existem alguns labirintos, ela se perde por milhões de vezes. Até  me assusto ao pensar na real existência da minha alma. Há algo a mais dentro de mim, algo que realmente sente, vive. E eu nem consigo enxergar. Por vezes eu sinto a alma pequena e o corpo grande. Tem espaço sobrando. Não é uma sensação horrível pensar que estamos calçando um sapato maior que o pé? Olhar para os lados e ver muros. Pior que apertar é se sentir vazio, e eu não desejo isso para ninguém.

Já me imaginei vivendo em outros corpos, habitando novos espaços. Sentir seria diferente. Eu sempre faço isso: eu me coloco no lugar do outro. Se todos nós por alguns segundos nos colocássemos no lugar do outro, muitas brigas seriam evitadas. Porque não basta sentir, é preciso sentir pelo outro também. É necessário saber que não existe só uma verdade, a moeda tem dois lados e juntos, formam um valor.

Já me coloquei no lugar do outro apenas por inveja. Sonhei o quanto poderia ser bom e fácil, mas depois percebi que melhor mesmo é ser do meu jeito. Não conseguiria viver a vida de outra pessoa. Mal consigo seguir a minha, imagina ter que fazer os passos de um outro alguém.

Para meu descanso às vezes acontece isso. Essa fuga de alma. Esse silêncio. A agenda cheia, o tempo correndo, o mundo apertado para não sentir vazio. Não é só uma desculpa de gente grande, é uma maneira de manter o corpo cheio.

-->
A melhor maneira de se manter a alma cheia é fazer o que se gosta, deixar o corpo alegre, ter prazer nas coisas mais simples. Não adianta inventar trabalhos, festas, não adianta ocupar todos os horários. A alma fica feliz quando se pode deitar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilamente sem nenhum remorso ou sensação de ter feito algo pela metade. Porque a alma não gosta de metade, ela gosta de nos ter por inteiro.

18 comentários:

Sil disse...

OH flor...
gostei do texto...

Do lance sobre justiça e sobre dormir com a cuca fresca...

Na verdade é assim que vale a pena viver... saber que o dia foi vivido de uma forma sadia...

=)

Bjos

***MissUniversoPróprio*** disse...

Flor, teu post tem uma certa ligação com o meu, e a minha resposta ao seu comentário, serve também de comentário ao seu post (lindo por sinal). ;)

O fato é que eu tb sempre fui assim. Sempre fui de arriscar e viver a intensidade do momento. Mas acontece que tem uma hora que a gente cansa, e acha melhor se resguardar, pra evitar de quebrar a cara de novo. :/

Beijão e uma linda semana!Obrigada pelo carinho!

Luna Sanchez disse...

A alma é inteira, assim como os pensamentos.

O corpo, às vezes, parece estar pela metade, mas a alma cuida, cola, junta, refaz o corpo...pelo menos a minha é assim : caridosa comigo.

;)

Beijos, Nara! Tenha uma semana linda!

ℓυηα

Carol Carvalho disse...

Texto profundo hoje..
E é bem assim mesmo, a alma não gosta da metade, ela gosta por inteiro!!
O bom mesmo é poder dormir com a cabeça fresca, tranquila...
É como dizem "tudo vale a pena se a alma não é pequena..."

E respondendo vc, fico feliz em estar gravidinha junto conosco!!
Tá mto enjoada ai??? rs é bom dividir comigo!!!!
e sobre os nomes, já temos alguns... mas vc pode dar uma sugestão.
Fico esperando ok?!

bjO enorme nossos em vc!

Aline disse...

Geeente...

mas dei uma sumida exatamente pelo tempo escasso e qdo eu volto o blog tah nessa!
...minha amiguinha ficou famooosa *-*
Olha só, mudou layout e tdo, adoooro!

❀ Déia Musso ❀ disse...

Bom dia Narinha!

Eu adoooro Natal e as luzinhas todas tbm!!! rs...

Eu viajei no seu texto hj viu?
Eu tbm já me peguei pensando como seria se eu fosse, por exemplo, uma atriz que gosto...ter aquela vida e tudo mais.

Eu sou meio "fora da casinha" sabe?
hauaha

Linda semana florzinha,

bzoo

Déia disse...

É isso aí, nunca fazer o que o outro pediu e vc detesta... isso é obrigação e não prazer, por isso esvazia!

O certo é descobrir e fazer o que nos causa sorrisos nos lábios... sem forçar.. sabe?

como agora! to sorrindo... rsrss

Obrigada pelo carinho,

bj

Lari disse...

"eu digo calma alma minha calminha ainda não é hora de partir" Zeca Baleiro

Essa história de alma é algo confuserremo! nunca sei se eu a tenho ou se ela me tem, pela teoria espírita ela me tem...somos alma, alma e corpo, quando morremos diz-se que a alma vai embora, gostaria de saber pra onde, se for em busca de um corpo, então a alma não acaba nunca, a vida não acaba nunca, e se for assim, fico feliz em saber que viverei pra sempre!

***MissUniversoPróprio*** disse...

Oi flor...eu concordo, e sempre digo...mas há momentos em que é preciso calar e deixar que o outro sinta sua falta.

Beijos querida! ;)

Cibelle disse...

Lindo texto. Tão real, tão sincero, tão verdadeiro... Adorei! Beijos!

***MissUniversoPróprio*** disse...

Oi flor, obrigada pela visita e pelo carinho...meu coração está sempre sempre ocupado, já desisti de tentar vê-lo vazio. ;P

Beijos!

Déia disse...

Oiii o bebe pediu pra eu vir te dar um oi... ele tava com saudades da madrinha virtual kkkk

bjinhos e se cuide

Lucas Lima disse...

meio sempre é incompleto né, rsrs, sem palavras, tmb não aceito partes, rsrs,
bons dias

Nii disse...

Metade nunca satisfaz. Metade não é perfeição. Minha alma não entende, não aceita, não suporta o que não é inteiro.


Brigada pela visita.
Beijos.
Nii

❀ Déia Musso ❀ disse...

Oiii Nara!!!

Passando pra desejar boa noite...
Ah, aproveitando...que dia é o seu lá no Céu?

bzo lindona!

Carol Carvalho disse...

Amoooouraaaaa
oieee clonezinha lindaaa!!!
passando pra matar as saudades.. hoje tirei a tarde para só blogaaar!! rsrs
bjOs nossos.
E um maravilhoso final de semana ;)

Camila disse...

Eu ando meio travada, meio calada, as palavras estão fugindo de mim assim como eu fujo das aulas de matemática.

qm nunca fugiu de matematica?
UAHUHAUHAAUH

❀ Déia Musso ❀ disse...

Naraa...

vc viu que tudo os esmaltes??Aii...adoooro amiga!! rs...

Ah, pode deixar que voute prestigiar lá no céu então tá?

Com relação a seguir, seja bem vinda!!! Adorei =) To por aqui tbm, assim que cheguei linkei, segui....aqui é um cantinho muito especial *.*

Bzo e linda noite!!!

Aviso

As imagens usadas neste blog são retiradas do nosso amigo Google. Caso seja uma imagem sua, peço que me comunique, assim, colocarei os direitos. Obrigada. Peço sua compreensão.